Mude seus hábitos

enviada pelo colaborador: Gabriel Grandi

É possível que você já tenha repetido por várias vezes a frase: “Meu Deus, como minha vida é difícil, ajude-me!”.

Se você busca com sinceridade a sua felicidade, terá que acrescentar à frase: “… ajude-me, e eu prometo fazer um grande esforço para mudar meus hábitos ruins, para facilitar a sua ajuda. ”

Muitos reclamam da vida, mas quase nunca estão dispostos a rever conceitos e posturas.

Muitos condenam a corrupção, mas permitem-se sofrer pequenos subornos ao longo da vida.

Muitos reclamam dos entes queridos, mas pouco fazem para tornar o lar um ambiente mais agradável.

Sem uma mudança de hábitos, dificilmente você encontrará a felicidade, até porque, em geral, a nossa infelicidade é fruto dos maus hábitos.

Os hábitos do uso excessivo do álcool, do fumo comprometem a felicidade.

Os hábitos de dormir demais, contar mentiras e ser maledicente comprometem a felicidade.

Dessa maneira, verifique com honestidade, quais são seus hábitos e, se notar que muitos deles são nocivos, substitua-os por hábitos mais salutares.

Para que Deus possa ajudá-lo, você, muitas vezes, necessita permitir que ele o ajude. Mudar hábitos é uma boa maneira de fazer isso.

A prece, a cordialidade, a serenidade e o sorriso, são, sem sombra de dúvidas, hábitos salutares que podem contribuir, e muito, para a sua felicidade.

E entre os hábitos mais urgentes a serem mudados, está o péssimo hábito de entristecer-se por pequenas contrariedades.

Nesse sentido recomendo a você a frase de Henry Kissinger: “Não posso ter nenhum tipo de crise na próxima semana. Minha agenda já está lotada. ”

Mensagem extraída do livro: É hora de ser feliz de Aguinaldo Paviani