Project Description

Aprenda a elaborar indagações inteligentes

enviada pelo colaborador: Gabriel Grandi

– Por que eu sofro?

– o que fiz para merecer tanta ingratidão?

– Por que tenho que passar por esta experiência dolorosa?

– Porque Deus não me proporciona a felicidade?

Em geral, tais indagações em nada colaboram para a conquista de sua felicidade.

Experimente substituir esses questionamentos, por indagações mais inteligentes, tais como:

– Pra que o sofrimento em minha vida?

– Por que a ingratidão alheia tem me provocado tanta dor?

– Que proveito posso tirar das experiências dolorosas?

– O que devo modificar em minha vida, para conquistar a felicidade?

Enquanto o “por que eu sofro?” nada explica a pergunta “para que o sofrimento em minha vida?”, pode levá-lo a uma conclusão inteligente e consoladora: “Deus deseja que eu aprenda algo com esta dor”.

Enquanto você foca a ingratidão alheia, não aprende que a ingratidão só provoca dor nos corações orgulhosos, que almejam agradecimentos. Quem faz o bem, por prazer de praticá-lo não sofre com a ingratidão.

Enquanto não aprender a ser resignado diante das experiências dolorosas, não perceberá que elas servem para lapidar seu espírito.

Enquanto permanecer na experiência de que é Deus quem vai lhe ofertar a felicidade como uma premiação, permanecerá inerte, sem tentar conquistá-la.

Muitas e muitas pessoas passam a vida elaborando questões tolas. O resultado para elas, é sempre o mesmo: além de infelizes, tornam-se revoltadas.

Rebelam-se por não terem as respostas que desejam. Mas como obterão respostas sábias, elaborando questões tão medíocres?

Elabore questões inteligentes.

Mensagem extraída do livro: É hora de ser feliz de Aguinaldo Paviani